top of page
Buscar
  • Foto do escritorAnna

QUARTO DE CRIANÇA GOSTOSO PARA SOLTAR A CRIATIVIDADE

Sou da opinião de que quarto para criança deve ser um espaço para ela brincar e descansar. Parece óbvio? Pra mim, parece.

Porém, vejo muito por aí, quartos repletos de marcenarias, elementos e informações demais, que podem até encantar numa primeira impressão, mas que não atendem a essas duas simples ações.


Vou mostrar nesse post, um quarto que repaginei para uma menina, vem comigo!

Ela já tinha a cama e peças fofas como a mini-cozinha, os pendentes de nuvens, a mesinha de desenhar e claro, seus brinquedos. Posicionamos a cama ao lado da janela, nos possibilitando manter o ponto dos pendentes como estavam, e acrescentamos rolinhos e almofadas para deixar tudo mais gostoso.

Escolhemos uma paleta bem suave, com tons de cinza clarinho, branco e um pouco de rosa. Gosto de cores mais suaves para quartos infantis por 2 motivos:

Primeiro porque, geralmente, crianças tem bastante energia e nada como uma cor tranquila para os pequenos se acalmarem e dormirem tranquilos.

Segundo porque os brinquedos já trazem muita cor para o espaço, então cores neutras dão uma neutralizada nesse excesso de informações.

Trazendo essa estética de conforto e aconchego, desenhei essas molduras na parede, que chamamos de bousseries. Essa solução é muito prática, fácil de fazer e relativamente barata, pois no centro, mantivemos em pintura, economizando em marcenaria. Ficou uma graça e deu aquela cara de "quarto de menina".

Como falei no começo do post, a ideia é que seja um quarto para ela usar, que goste de ficar lá e que possa soltar a imaginação. Essa é outra razão pela qual não gosto de quartos muito cheios de coisas. Quanto mais limpo o espaço, mais a mente da criança pode voar e criar.


No centro do quarto, deixamos um tapete, incentivando mesmo a menina a espalhar seus brinquedos e brincar ali no chão - espaço!

E ali também, posicionamos a mesinha, essa sim, um móvel feito para a criançada criar. Eu tive uma mesinha dessas quando era criança e ali exercitei muito a criatividade e o interesse pelo desenho. E aqui estou, arquiteta - não que eu sugira que todas as crianças devam se tornar arquitetos rsrs, mas quero dizer que quanto mais estímulos, que os incentivem a criar, a rabiscar, a montar cenários, criar histórias... mais o potencial da criança pode ser exercitado e desde cedo ela já vá descobrindo do que gosta.

É algo que acredito e trago para meus projetos infantis. O que você acha?


Espero que tenha gostado desse quarto lindo. Para conhecer outros projetos meus, navegue pelos posts anteriores aqui do blog.

E me siga no Instagram para acompanhar a rotina dessa arquiteta, pegar boas dicas para a sua casa e conhecer os projetos que estão rolando.


Até o próximo post!

Comentarios


bottom of page