top of page
Buscar
  • Anna

PARA QUE SERVE O COBOGÓ? DESCUBRA COM ESSES 3 PROJETOS

Cobogós são elementos vazados, instalados uns sobre os outros, formando divisórias. São elementos bem característicos da nossa arquitetura e surgiram na década de 20, em Pernambuco.


Podem ser instalados em áreas externas, como paredes ou fachadas, mas também vão muito bem em áreas internas, já que deixam a luz e ventilação naturais passarem, sendo uma ótima solução para climas tropicais como o nosso. Eu amo e uso muito nos meus projetos – já está se tornando uma marca registrada minha.

Na imagem acima, a proposta foi integrar cozinha e área de serviço, ampliando o espaço. Havia uma parede com porta de correr separando-as. No projeto eu demoli essa parede e separei a área do tanque da área da cozinha com a divisória de cobogós cerâmicos.

Dessa forma, eu setorizei os usos, mas trouxe mais luz e ventilação naturais para a cozinha. Além de ficar lindo, não é?

A foto acima é de uma reforma de cozinha e área de serviço, que está em obras e não vejo a hora de tirar umas fotos dela pronta! Depois farei um post só sobre esse projeto - imagem 3D abaixo!

Por enquanto, quero mostrar o tipo do cobogó escolhido. Veja que é um modelo em concreto, totalmente diferente do primeiro. Eliminamos a janela que havia no local e aumentamos o vão. Dessa forma, a luz e ventilação passam a entrar de forma permanente na cozinha.


Esses elementos de concreto, geralmente, possuem um preço bom e são muito charmosos. Podem ser no concreto natural ou no branco.

Por fim, separei um projeto de uma reforma de pousada, cuja obra ainda não começou, mas achei legal mostrar esse estudo (acima), pois nesse caso, o cobogó será construído em uma área externa.


Hoje, nesse local onde estão os elementos vazados, há uma parede. A proposta é deixar tudo mais integrado, incorporando aquele espaço à área da piscina e do jardim. O cobogó é perfeito para isso, pois além de ser esteticamente interessante, ele setoriza os espaços e ao mesmo tempo mantém uma unidade entre eles, integrando-os.

Ao invés de vários espaços menores, temos um espaço amplo, mas com usos bem definidos.


Importante lembrar, que os elementos vazados, além de lindos, contribuem para trazer sustentabilidade aos projetos, já que permitem maior entrada de luz e ventilação naturais, diminuindo o uso de lâmpadas e aparelhos de ar-condicionado e, portanto, economizando energia.


Por hoje é isso. Me siga no Instagram e se inscreva no meu canal do YouTube pois trago muito conteúdo legal por esses canais sobre arquitetura e decoração.


Até o próximo post!

bottom of page